sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Iluminação da sala

A sala de estar é sempre a "menina dos olhos" de toda casa. Ela fica bem na frente, é a primeira impressão que passamos do nosso lar. E na hora de pensar o que fazer na iluminação, surgem muitas dúvidas! Se você tem muita insegurança, o ideal é consultar um profissional da área que poderá desenvolver um projeto definitivo e de acordo com as suas necessidades!

Quando o teto é rebaixado, facilita muito criar efeitos, destacar pontos... Mas alguns espaços hoje, tem o pé direito tão baixo, que fica impossível fazer o rebaixo. Aí precisamos tirar proveito de peças que nos permitem "brincar" um pouco mais com os efeitos.

A sala desta foto é um bom exemplo de como criar efeitos sem rebaixar o teto. A laje tem dois pontos, e, em um deles, utilizei uma peça que possui 4 pontos de lâmpada dicróica. Além de permitir direcionar os focos para objetos, melhora a "quantidade" de luz na sala.


A mesa de jantar não ficou centralizada com o outro ponto, e para solucionar essa questão fiz uso de uma peça que tinha o braço articulado, e direcionei a cúpula para a mesa. Você também pode utilizar pendentes e colocá-los em balanço.


Aproveitando que seria feito um painel para a TV, pensei na arandela bem em cima, e ela foi a responsável por proporcionar uma luz agradável, apenas de referência.


O abatjour na mesa lateral veio reforçar o clima aconchegante. Todos os pontos acendem de forma independente, o que permite a utilização adequada para cada necessidade, além de proporcionar economia.

Agora, se você pode rebaixar o teto, várias ideias podem ser postas em prática!

Nesta sala optei por não utilizar pendente sobre a mesa e instalei duas luminárias de embutir para lâmpada mini dicróica. Em frente ao móvel foi feita uma sanca que seguia até o final do corredor e era responsável pela iluminação geral da sala. E na parede, uma arandela criava uma iluminação indireta mais discreta, confortável. Os pendentes (como peça decorativa, inclusive) foram postos sobre a mesa lateral.

Para destacar objetos, telas, fotos, você pode usar luminárias para lâmpada dicróica, como nesta sala.

Já nesse projeto, o pendente ficou em destaque (até pela cor) e, marcando a circulação da sala fiz um falso pergolado de luz.. Para a área da TV, mais uma vez utilizei arandelas de luz indireta - adoro o efeito que elas proporcionam.

Nesta foto a iluminação geral foi feita pelas arandelas instaladas próximas ao teto que "jogam" a luz para cima criando um efeito super interessante. As mesas de centro foram destacadas por embutidos de lâmpadas dicróicas e a cortina por uma sanca no cortineiro. A mesa de jantar era grande e permitiu o uso de dois pendentes marcantes e de iluminação indireta também!

fotos:
arquivo pessoal, internet, Kika Antunes e Gisa Portilho


Um comentário:

Não tenho interesse em prejudicar ninguém, muito menos ferir direitos autorais. Se alguma foto que ilustra o blog é de sua autoria e não lhe foi dado o devido crédito, envie um email que terei prazer em mencionar. Caso você queira que a sua foto seja retirada, atenderei sua solicitação de imediato!