terça-feira, 1 de novembro de 2016

Novas vitrines

Na minha coluna da revista do shopping cidade escrevi sobre vitrines na última edição. E eu gostaria de poder ter escrito mais a respeito de uma tendência que, provavelmente, vocês já tenham percebido: A ausência das vitrines.
As vitrines são a fonte de atração das lojas para o consumidor. Ali vai ser o primeiro contato para criar o desejo pelo produto que a loja oferece. Mas, e quando você retira essa entrada e transforma toda a loja em uma grande vitrine? Toda a montagem e disposição dos produtos deve ser repensada... não basta tirar o vidro da fachada e está tudo bem. Pelo contrário! A loja se torna um convite completo e para isso deve ter uma organização bem diferente da tradicional.
A iluminação deve ser readequada para manter uma unidade com o restante da loja valorizando os produtos e direcionando o consumidor. Lojas pequenas podem e devem utilizar esse recurso, uma vez que o espaço é reduzido e poder contar com mais essa área é um ganho enorme!
A ideia é interessante e acredito que não funcione para todos os setores. Joalherias, por exemplo, o cliente precisa de privacidade para fazer suas escolhas e a própria loja demanda uma segurança maior. Também acredito que funcione melhor em lojas de shoppings, porque, infelizmente, temos um problema sério de segurança na rua...
Peguei na internet algumas imagens das lojas que já aderiram à essa modalidade, vejam como é leve e interessante!













Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não tenho interesse em prejudicar ninguém, muito menos ferir direitos autorais. Se alguma foto que ilustra o blog é de sua autoria e não lhe foi dado o devido crédito, envie um email que terei prazer em mencionar. Caso você queira que a sua foto seja retirada, atenderei sua solicitação de imediato!